Lista de Ingredientes Ágeis – Formação de Equipes

Uma das coisas mais legais que eu aprendi ao ler o livro “Creating Great Teams” da Sandy Mamoli é que eles utilizam como base para alinhamento após formar um time uma “lista de ingredientes” ágil.

É comum ver as empresas dizerem que usam métodos ágeis mas é difícil de se ter um entendimento sobre quais práticas cada time está utilizando.

Ao utilizar-se dessa ferramenta, fica claro tanto para o time quanto para quem está na organização quais práticas estão sendo utilizadas e quais os potenciais impactos negativos de usar ou não usar determinada abordagem.

A lista de ingredientes padrão no livro é:

  • Sprints (o time trabalha com timebox? se sim, de quantos dias?)
  • Workflow das atividades do ciclo de desenvolvimento (no livro consta como Kanban Workflow, mas particularmente eu acho que muita gente confunde o que é Kanban em função deste tipo de citação).
  • O time vai trabalhar limitando o trabalho que esta em andamento (uma das premissas de Kanban, é limitar o WIP).
  • Coordenação: o time irá fazer reuniões diárias?
  • Feedback contínuo sobre o processo: o time irá fazer retrospectivas?
  • Ambiente de trabalho com gestão visual (monitores, canvas, quadros de tarefas, e etc..)
  • Métricas: velocidade? lead time? cycle time?
  • Planejamento: sprint planning? planejamento sob demanda? planejamento agendado com uma determinada recorrência?
  •  Refinamento de requisitos: sessões de refinamento de backlog (em diversos níveis)? sistema puxado: sempre que uma história de usuário é entregue, o próprio time faz uma sessão de refinamento com os profissionais pertinentes para o desenvolvimento da próxima história?
  • Previsibilidade de entrega, gráficos de burnup do produto, gráficos burndown do produto
  • Demonstrações das entregas e evoluções: Sprint Review? Sprint Demo?
  • Práticas de engenharia: TDD? BDD? ATDD? Pair Programming?
  • Coordenação com outras equipes: Scrum of Scrums, Nexus, SAFe, Less, DaD, …
  • Como o time recebe apoio com relação a metodologias e práticas: Comunidades de prática? Agile Coach? Exemplos de outros times?

[Traduzido e adaptado / fonte original em inglês: Creating Great Teams: How Self-Selection Lets People Excel – Sandy Mamoli / David Mole]

 

O que você considera nas suas organizações que não foi listado acima quando forma uma equipe?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s